Turismo culinário: pratos típicos do Brasil

0
991

Hoje, o Brasil conta com mais de 200 milhões de habitantes e é o quinto maior país do mundo, quando se trata do tamanho de seu território. Não é à toa que temos costumes diferentes em cada região e uma culinária especial para cada cantinho brasileiro. Buscando contar mais sobre cada prato, o Blog lista as mais famosas iguarias da nossa culinária.

Amazonas, Nortetacaca

O famoso prato nortista é o tacacá. Iguaria exótica da capital do Amazonas, assim como a maioria de seus pratos, que são feitos com ingredientes da própria região, recebendo grande influência indígena. Nesse prato vai tapioca, camarão, jambu (erva amazônica), temperos e o famoso tucupi, um caldo amarelado proveniente da mandioca.

São Paulo, Sudeste

sanduicheGrande centro urbano e gastronômico, onde os melhores restaurantes do país e chefs mais premiados estão, mas não consegue se falar de São Paulo e não lembrar do sanduíche de mortadela. Encontrado no Mercadão Municipal de São Paulo é considerado tradicional na cidade com mais de 80 anos de história.

Bahia, Nordeste

Acaraje

Já sabem que vou falar do acarajé, não é? Não existe prato mais típico baiano. O representante dessa região é vendido a cada esquina em sua capital e composto por feijão-fradinho, azeite de dendê, camarão e temperos.

Goiás, Centro-Oestearroz com pequi

O famoso arroz com pequi do Goiás é irresistível, tanto no gosto quanto em seu cheiro. O pequi é uma fruta típica da região que quando se mistura com a galinhada forma um dos pratos mais típicos goianos.

Rio Grande do Sul, Sul

costela

Os especialistas em churrasco apresentaram a costela gaúcha ou costela fogo de chão ao mundo e devem ser admirados por isso. Em sua história conta que nas fazendas, os patrões quando matavam o gado, retiravam para si as carnes nobres e entregavam para os peões partes como a costela. Por ser uma carne difícil de assar, eles cravavam a carne em espetos no chão e deixavam horas assando apenas com sal grosso, enquanto faziam suas atividades diárias.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA