Sessão Natalina: Noite Feliz, trégua de Natal

0
1189

Uma das curiosidades que marcam a história do Natal e o sentimento de união que essa data traz, é a trégua de Natal realizada na Primeira Guerra Mundial em 1914.

Segundo relatos dos sobreviventes da “Grande Guerra”, os soldados combatentes ingleses e alemães declararam uma trégua não-oficial no período natalino. Esse momento foi marcado por canções natalinas, troca de presentes e futebol – que já mostrava seus precedentes em unir rivais.

Matéria do jornal britânico “The Daily Mirror” da época, com o título: “Um grupo histórico: soldados britânicos e alemãs fotografam juntos.”
Matéria do jornal britânico “The Daily Mirror” da época, com o título: “Um grupo histórico: soldados britânicos e alemães fotografam juntos.”

Mas, onde isso aconteceu?

Todos esses acontecimentos se deram na Bélgica, na Primeira Guerra Mundial, entre as trincheiras – local que ficou conhecido como “terra de ninguém”.

Tudo começou com o pedido de cessar-fogo alemão, que entoaram a canção “Stille Nacht” (versão de “Noite Feliz”) e cruzaram a trincheira desarmados para desejar feliz natal a seus inimigos. Hoje, a história que possui mais de um século, já foi alterada e romantizada diversas vezes. Em algumas narrativas, o período de duração desse relato tem seis dias; em outras, somente poucas horas de paz, mas o que se perpetua é a esperança na bondade e compaixão humana, mesmo em uma trincheira de guerra.

Quer saber mais sobre o Natal? Falamos sobre sua invenção neste post.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA