Os recordes mais bizarros do Guinness

0
346

O Guinness World Records é um livro que teve sua primeira edição lançada em 1955 e anualmente recolhe os maiores recordes do mundo todo. De acordo com sua história, sua ideia surgiu a partir de uma caçada em que Hugh Beaver – presidente da cervejaria Guinness da época – estava e surgiu o questionamento de qual ave de caça era a mais veloz da Europa.

Hoje, são desencorajados todo e qualquer tipo de tentativa de recorde que coloque em xeque a saúde ou a segurança de pessoas ou animais, tendo até mesmo a retirada das versões anteriores que permitiam as façanhas. Mas, mesmo com algumas restrições éticas, é possível conferir alguns recordes bizarros no livro.

Os recordes são:

  • Em 2013, 4483 pessoas ganharam o recorde por rebolarem bambolê por 7 minutos em conjunto.
  • Lutz Eichholz quebrou a marca quando percorreu 127 garrafas de cervejas com um monociclo, ao todo foram 8,93 metros.
  • O pequeno americano, Jake Lonsway, sempre quis entrar para o livro dos recordes e, para isso, procurou com seus pais qual marca poderia bater. O resultado foi na maior bola de papel filme, com 351 cm de circunferência e 127,7 quilos.
  • Com o recorde canino, aparece Lizzy, uma Dogue Alemão considerada a cadela mais alta do mundo. Com seus 96,41 cm e, por causa da sua altura, precisa comer com sua vasilha em cima de uma cadeira, já que ela não alcança o chão quando está de pé.
  • Um dos recordes mais estranhos pertence a 102 pessoas da Inglaterra e foi batido em 2010, foi o maior número de pessoas peladas em uma montanha russa.
  • E representando a inteligência do mundo canino, está Smurf, um parson russel terrier de 6 anos que realizou o maior número de truques de um cachorro em 1 minuto. Sua dona, Sarah Humphreys, de Hertfordshire, no Reino Unido foi quem ensinou os comandos ao cão. Assista ao vídeo com a performance:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA