Morando sozinho: como cuidar das panelas

0
888

Quando saímos do conforto da casa da mamãe, aprendemos que a comida não se põe sozinha a mesa e que devemos cuidar das panelas. Não existe nenhuma mágica por trás disso tudo, era apenas alguém que fazia tudo por você.
Agora, morando fora, sozinho ou com amigos, tudo está nas suas mãos, e você vê o quanto é difícil se tornar independente. As panelas enferrujam, é um custo para tirar aquela gordura que grudou ao fundo, esquenta demais, resfria demais… muita coisa, né?

O Blog, hoje, quer te ajudar nessa árdua tarefa. Aprenda aqui como cuidar das suas panelas.

PANELAS DE ALUMÍNIO
Panelas de alumínio

As panelas de alumínio são as mais baratas, porém as menos indicadas para a saúde. Existem alimentos que ao serem preparados nesse tipo de recipiente, provocam uma reação química que remove a camada protetora da panela, fazendo que o seu alumínio passe para a comida.

Os alimentos que não são indicados para serem feitos em panelas de alumínio são: molho de tomate, vinagretes, iogurtes, doces em calda, brócolis, couve e cebolas. Quando quiser prepará-los, utilize recipientes com outro tipo de material.

Ao limpar, tome o cuidado de não favorecer ao desprendimento do alumínio, ou seja, nada de arear panelas desse tipo, ok?
Caso já tenha feito isso, é bom que ferva água nela até que escureça. Isso significará que a camada de óxido de alumínio que protege a transferência desse metal para o alimento estará mais forte, diminuindo a incidência do mesmo na comida.

Colheres ou equipamentos que gerem atrito também são abrasivos para o recipiente, prefira sempre colheres de pau ou bambu, nada de metal, plástico ou silicone para preparar a comida.

 PANELAS INOXPanelas inox

Cuidado com as favoritinhas! Elas não são tão inofensivas quanto pensa.
Da mesma maneira que nas de alumínio, as panelas inox ao serem lavadas com esponjas de aço, liberam metais para os alimentos. Escolha sempre lavá-las com esponjas macias.

Ao preparar a comida, elas têm a tendência de esquentar rápido demais, ao passo que resfriam extremamente devagar. Logo, seja sábio! Assim que o alimento estiver perto de seu ponto ideal de cozimento, já desligue o fogo. Esses tipos de recipientes conseguem conservar o calor no seu interior e continuar a cozinhar por algum tempo depois.

Existem alimentos que provocam manchas nas inox, como as massas e o arroz – alimentos ricos em amido -, para limpar e evitar que perca o brilho da sua panela, utilize um pano com suco de limão ou vinagre. Há no mercado produtos específicos para a limpeza desse tipo de material.

Lembre de uma coisa muito importante e que, provavelmente, você faz: não conserve alimentos dentro de panelas por muito tempo. Podem provocar manchas que não sairão sem que estrague a panela.

PANELA DE FERROPanelas de ferro

A paixão da vovó e benéfica para a saúde.
Essa panela aguenta altas temperaturas sem deformação, para usá-la evite colheres de plástico, visto que devido ao calor exagerado podem derreter, prefira as espátulas de aço e madeira.

Ainda pensando na alta temperatura, em questão lógica, é imprudente preparar legumes à vapor, por exemplo, já que essa prática facilitaria a ferrugem. No quesito limpeza, essa panela tem um cuidado parecido com o grill, coloque um pouco de óleo, ao invés de água e sabão, aqueça-o e espere para secar e limpar. Caso a sujeira necessite daquela esfregada forte, utilize sal ao invés de produtos químicos.

Essa panela, apesar de ter caído em desuso, tem as vantagens de durar muitos anos e passar um pouco de ferro para seus alimentos. Diferente do alumínio, o ferro que é passado por essas vasilhas é bom para a saúde, segundo estudos da Unicamp.
Não armazene nenhum alimento nessa panela, também gerara oxidação da mesma. Para secar, deixe-a em cima do fogão, a umidade evaporará.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA