Hoje é o Dia Nacional do Teatro!

0
1076

O Dia Nacional do Teatro é comemorado em 19 de setembro. Esta data é destinada a homenagear uma das manifestações artísticas mais antigas da humanidade, em especial os artistas brasileiros desta área. Mas o que é teatro? Uma criança brincando de faz-de-conta? Ou um ator conhecido fazendo o papel de Hamlet, na peça de mesmo nome do dramaturgo inglês William Shakespeare?

Boy Clown Peering Through Stage Curtains

De uma forma ou de outra, o teatro é uma experiência marcante, humana e reveladora. O palco é o lugar onde nos reconhecemos. Não é por outro motivo que Shakespeare aconselhou seus atores a não perderem a simplicidade: “Pois tudo que é forçado deturpa o intuito da representação, cuja finalidade é exibir um espelho à natureza: mostrar à virtude sua própria expressão; ao ridículo sua própria imagem e a cada época e geração sua forma e efígie” (Hamlet, Ato 3, cena 2).

O teatro lida com emoções, colocadas num palco diante de nós. Chamamos de teatro as obras de arte criadas para serem representadas num palco por atores. Os atores emprestam o corpo e a voz para viver os personagens criados pelos autores. Os autores de teatro, por sua vez, são chamados de teatrólogos ou dramaturgos.

O teatro nasceu na Grécia, há mais de 2.500 anos, e os primeiros gêneros de teatro são a tragédia e a comédia. A civilização grega produziu obras que têm valor permanente, fazem parte da nossa cultura e são representadas até hoje. Ésquilo, Sófocles e Eurípedes são considerados os maiores autores da tragédia grega. A famosa Édipo rei, de Sófocles, é um belo exemplo de tragédia, em que um personagem luta contra seu próprio destino.

O mais conhecido autor de comédias da Antiguidade é Aristófanes. Dentre inúmeras outras peças, sua A revolução das mulheres faz uma sátira aos costumes políticos e às diferenças entre os sexos. Outro gênero teatral muito difundido é o drama, que nasceu no século 18, na França. O drama leva ao palco situações cotidianas e conflitos de pessoas comuns.

O Brasil conta com dramaturgos talentosos. No século 19, a comédia de costumes retratou com graça a sociedade brasileira da época, na obra de autores como Martins Pena e Artur Azevedo.

cortina-teatro

Nelson Rodrigues é considerado um dos maiores dramaturgos do século 20. Sua peça Vestido de noiva, que estreou na década de 1940, é considerada um marco no teatro. Autores como Dias Gomes ou Jorge de Andrade também revelaram com precisão aspectos da realidade brasileira, dando valor universal aos conflitos de seus personagens.

Além do teatro ocidental, podemos pensar em outras formas de representação. Muitas culturas usam a dança ou outras formas de expressão relacionadas ao corpo. Outras culturas criaram linguagens específicas, como o teatro kabuki, no Japão, ou o teatro de sombras da China.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA