Giro do fim de semana #14

0
463

Giro do fim de semana #14

CÂMARA ACELERA REFORMA TRABALHISTACÂMARA ACELERA REFORMA TRABALHISTA

Pedido anteriormente rejeitado na terça-feira, dia 18, voltou a plenário e conseguiu aprovação para acelerar sua tramitação na quarta-feira, 19. Com 287 votos a 144, o requerimento de urgência na votação da reforma trabalhista conseguiu ser aprovado e suas votações já ganham data marcado no calendário oficial.  Amanhã, dia 24 de abril, a comissão especial eleita para votar o projeto de reforma, debaterá sobre o tema e, já na quarta-feira, 26, será a vez do plenário.

O que altera com esse novo calendário é a apresentação de novas emendas, que ia até a quarta, acaba hoje, ás 18h.


QUER ESTUDAR EM PORTUGAL? FAÇA ENEM!

QUER ESTUDAR EM PORTUGAL? FAÇA ENEM!

Você sabia que é possível fazer uma graduação em uma faculdade em Portugal a partir da sua nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM)? Isso mesmo! Para os ingressantes de 2017, são 22 universidades lusitanas abrindo as portas para estudantes brasileiros. Porém, deve-se ficar atento, mesmo as universidades sendo públicas, seu ensino é pago, chegando a valores de 3 mil euros ao ano.

Apesar de aceitarem as notas do ENEM, as universidades não aderem ao Sistema de Seleção Unificada (SiSU), portando o ingressante deve se candidatar aos processos seletivos de cada faculdade. Dentre as que aderiram ao sistema brasileiro estão: Universidade de Coimbra, Universidade do Algarve, Instituto Politécnico de Leiria, Instituto Politécnico de Beja, Instituto Politécnico do Porto, Instituto Politécnico Portoalegre, Instituto Politécnico do Cávado e Ave, Instituto Politécnico de Coimbra, Universidade de Aveiro, Universidade de Lisboa, Instituto Politécnico da Guarda, Universidade do Porto, Universidade da Madeira, Instituto Politécnico de Viseu, Instituto Politécnico de Santarém, Universidade dos Açores, Universidade da Beira Interior, Universidade do Minho, Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário, Instituto Politécnico de Bragança, Universidade Lusófona e Instituto Politécnico de Setúbal.


FECHADAS MAIS DE 60 MIL VAGAS DE EMPREGOS EM MARÇOFECHADAS MAIS DE 60 MIL VAGAS DE EMPREGOS EM MARÇO

No início do mês de março, o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, comentou as expectativas de melhorarem as vagas de empregos formais pela razão do benefício do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) ser liberado, porém, o fim do mês demonstra outra realidade. Foram fechadas 63.624 vagas de empregos formais, agravando o cenário que já estava vermelho, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O setor comercial, que criava a grande expectativa de contratação, teve o desempenho contrário, fechando mais de 30 mil vagas no mês. Com isso, a taxa de desemprego do Brasil bate um novo recorde, são 13,2% no trimestre, mostrando que ainda sofre os resquícios da recessão.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA