Espetáculo “Cidadão de Papel” será encenado em Uberlândia

0
842

O que é cidadania? Somos todos cidadãos só no papel? A partir de uma trama entre jovens no Rio de Janeiro, essas questões são o mote do espetáculo “Cidadão de Papel”, que será encenado pela Companhia Usina Paulistana de Artes, nos dias 28 e 29 de setembro, no Teatro Municipal de Uberlândia.

A produção local leva a assinatura de Carlos Guimarães Coelho, responsável pela vinda de grandes espetáculos à cidade. Desta vez, o público-alvo é infanto-juvenil e jovem. Em linguagem dinâmica, desperta também o interesse de adultos que se interessem por temas como política, educação, cidadania, conflito de classes e ética.

Cidadão de Papel

O espetáculo “Cidadão de Papel”, que está em cartaz há mais de 10 anos e já foi visto por mais de 50.000 pessoas, é baseado nas obras: ‘Cidadão de Papel’, ‘Aprendiz do Futuro’ e ‘Mano’, de Gilberto Dimenstein, e retrata a desigualdade social. É encenado pela Cia. Usina de Teatro e dirigido por Régis Santos, idealizador da Usina Paulistana de Artes, centro cultural com sede própria no bairro Bela Vista, em São Paulo.

Um dos destaques da peça é a trilha sonora, que dialoga quase integralmente com o atual momento musical do adolescente, com referências ao rap, pop, instrumental e rock. Toda encenação apoia-se na linguagem visual do grafite, pantomina e quadrinhos em forma de HQ’s. O jogo de cena é ágil, utilizando a transformação de objetos cênicos, identificando o próprio teatro como uma forma de reflexão prazerosa.

A peça retrata a história de Hermano, mais conhecido como Mano, um garoto de classe média que vai procurar emprego no centro da cidade, lugar caótico que ele não conhecia e onde encontra Pedra, um adolescente de 17 anos, menor abandonado, sem identidade e viciado em crack. Outra pessoa que Mano conhece é Mina, uma garota também de 17 anos, sem família e submetida à exploração sexual, que procura fugir desse mundo, dominado pelo “grande senhor”.

Por meio dessa relação, Mano vai se deparar com vários personagens urbanos, entrando em contato com o mundo da exclusão social, da violência, da agressão à cidadania, da sexualidade e das drogas. Mas encontra também o amor e a solidariedade. Cada um desses jovens é um “Cidadão de Papel”, personagens na vida nua e crua das ruas, pseudoamparados por uma Constituição, Estatutos e Direitos Humanos, que por muitas vezes só existem no papel.

Serviço

  • O Quê: Espetáculo “Cidadão de Papel”
  • Quando: 28 e 29 de setembro às 10h e 16h para escolas e às 20h para o público geral
    Coordenadores escolares interessados devem fazer contato pelo email: cgc2006@hotmail.com
  • Onde: Teatro Municipal de Uberlândia – Av. Rondon Pacheco, 7070, Uberlândia, MG
  • Ingressos: www.megabilheteria.com
  • Valores: R$40,00 (Inteira) e R$20,00 (meia-entrada)
Via Ciclo Assessoria em Comunicação

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA