Entenda sobre bitcoins e criptomoedas

0
572

Assim como o real ou o dólar, o bitcoin é uma moeda que possui um valor monetário no mercado. A sua principal diferença é ser totalmente digital e não precisar de um terceiro para realizar as transações.

É como se você pagasse pessoalmente a seu credor, mas sem usar nenhum material palpável e nem precisar encontra-lo.

Mas, assim como existem diversas moedas no mundo, a bitcoin não é a única na internet, existem várias outras criptomoedas – como são chamadas – mas apenas ela possui metade do valor do mercado.

COMO FOI CRIADA

Criado em 2008 pelo pseudônimo Satoshi Nakamoto, foi criptografado para que o dono da moeda não sofra fraudes ou gastos duplos. Todas as transações realizadas com bitcoins aparecem nas blockchains.

A blockchain trabalharia como o Banco Central dessa moeda, onde todas as redes dos computadores trabalham juntos para manter o histórico e controlar a emissão das moedas.

COMO OBTER BITCOINS

Existem duas formas de se obter a criptomoeda, ou pela compra – com usuários que já possuem ou sites que ofertam – ou minerar novos blocos de transações.

Quando Satoshi criou a moeda, estipulou que o seu teto seria de 21 milhões (já há 11 milhões), onde cada bloco deveria respeitar um limite máximo de transações e que todas elas teriam que ser verificadas.

Para criar um novo bloco é necessário um grande esforço dos computadores, para que quebrem a criptografia que o esconde e para que o mantenha depois que estiver aberto.

O nome minerar é justamente fazendo alusão a encontrar ouro, já que não é uma tarefa fácil.

AS VANTAGENS DESSE MERCADO

A partir do momento que entendemos que as transações são seguras, é possível encarar outras características dessa moeda digital como positivas, como o fato de não sofrer influência governamental.

As criptomoedas não são regidas por governos ou exploradas por intermediários, como os bancos, assim seus valores não sofrem como as moedas convencionais.

Hoje, já é possível realizar diversos pagamentos com essa opção, especialmente no comércio online japonês. Já no Brasil, poucas são as lojas que oferecem essa opção.

Cada dono de carteira virtual possui um endereço, que é utilizado para realizar a compra. Assim que o comprador e o vendedor confirmam sua transação, ela precisa ser confirmada pelas demais redes de computadores do bloco.

POSSIBILIDADES DE GANHO

Há quem diga que o comércio com bitcoins entrará em colapso e há quem acredita que apenas se fortificará.

Desde a sua criação, a valorização da criptomoeda já foi de centavos a mais de mil dólares. De acordo com a Época Negócios, sua rentabilidade em 2017 foi de 342,77%.

Hoje, uma única criptomoeda bitcoin vale US$ 4 mil, ou seja, mais de R$ 12 mil.

OUTRAS CRIPTOMOEDAS

Mas não é só de bitcoin que se vive o mercado virtual, existem no universo digital diversas outras. Aqui estão algumas delas e suas cotações:

  • Dash – equivale a US$304,95
  • Ethereum – valendo U$296,27
  • Litecoins – que equivale a US$50,12Entenda sobre bitcoins e criptomoedas

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA