Dicas para tirar um notão no próximo Enem

0
612

Quem seguiu direitinho o passo a passo do blog Netsabe para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), com certeza, não encontrou problemas e já está um pouco mais perto de conseguir sua vaga em uma instituição pública de ensino superior.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje de manhã o resultado da primeira chamada do processo. Ao todo, foram 2.712.937 candidatos que se inscreveram para 228.071 vagas em 131 instituições públicas de ensino superior. Os candidatos selecionados deverão fazer a matrícula nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. Para acessar o resultado, o candidato deve digitar o número de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e a senha no site do Sisu.

Aqueles que não foram selecionados podem ainda manifestar, no próprio site do Sisu, interesse em entrar na lista de espera entre esta segunda (18) e sexta-feira (29). Se sobrarem vagas, as instituições vão convocar os alunos da lista de espera. Outra opção é a edição do Sisu prevista para o segundo semestre de 2016.

enem3

Se, mesmo assim, você não conseguir garantir sua vaga, o blog preparou algumas dicas para você arrasar na próxima vez que fizer o Enem. Confira:

Matricule-se em um cursinho pré-vestibular

Sair bem no Enem ou vestibular não tem segredo: quanto antes iniciar os estudos, melhor será o seu desempenho. As inscrições para o Enem costumam começar em maio, cerca de cinco a seis meses antes das provas. A partir das inscrições já é possível elaborar um cronograma de estudos, separando o que deve ser estudado em cada dia. Os cursinhos pré-vestibular te ajudam a ter mais foco e disciplina, além de fragmentarem o conteúdo para você, poupando trabalho. Reserve mais tempo para as disciplinas que tem mais dificuldade e, se possível, tire as dúvidas com seus professores. Utilize a busca do Netsabe, clicando aqui, para encontrar os cursinhos de sua cidade.

Atenção e resistência

Todos que já fizeram a prova concordam em uma coisa: o Enem é uma prova bastante cansativa. O segredo é ter resistência física e psicológica, já que a prova é mais maçante do que difícil. Não é uma prova complicada, por isso muita gente acaba não levando muito a sério, mas ela requer toda a atenção do candidato para interpretar e ter a capacidade de resolver problemas simples. Para isso, levar comida e bebida para a sala de prova pode ser uma ótima ajuda.

Pouco estudo no dia anterior

Se você passou o ano todo se preparando para o Enem, o dia anterior à prova não é o mais indicado para você seguir sua rotina de estudos. No dia anterior é bom assistir a um filme, ler um livro, tentar relaxar e dormir bem.

Para os que ficam muito ansiosos de largar completamente os estudos, uma rápida revisada é válida. Ler novamente uma matéria que é provável que caia pode ser bom. Outro jeito de se preparar na véspera é ler alguma notícia sobre assuntos atuais. Mas não adianta deixar tudo para o último dia. Não será um estudo de véspera de prova que influenciará decisivamente na nota final.

Não comece pelo começo, otimize o tempo

A melhor estratégia é começar a prova pelas matérias com as quais você tem mais afinidade – mesmo que elas não estejam no primeiro bloco do caderno de questões. Escolher matérias mais fáceis ajuda tanto com o tempo, já que as questões podem ser resolvidas mais rapidamente, quanto na motivação.

No segundo dia de prova, é melhor começar pela redação. Como o último dia de prova tem 5h30 de duração, é melhor reservar a hora inicial para fazer a redação e depois se dedicar às outras questões.

A leitura é sua melhor amiga

Tão importante quanto ter a matéria na ponta da língua é ler tudo atentamente. É melhor ler as perguntas antes dos textos, assim você já sabe o que procurar quando ler o texto. Ler faz diferença em uma prova como essas. O Enem premia o aluno que sabe interpretar textos. Aqueles que têm um conhecimento não mais do que regular sobre as matérias, mas sabem interpretar textos, costumam se sair bem.

A redação é uma prova à parte

No segundo dia, além de 90 questões, os candidatos têm que fazer uma redação, que tem tanto peso no resultado final (ou até mais, em alguns casos) quanto os outros quatro blocos do exame. Já vimos que a redação deve ser enfrentada logo no o começo, mas os vestibulandos têm outros cuidados a tomar.

Quanto mais direto o texto for, melhor. O Enem pede uma redação concisa e enxuta, então não rebusque demais. A redação também precisa contemplar tudo que a prova determina. Leia atentamente o que está sendo pedido e tenha conhecimento da sua língua.

Etapa necessária

O maior segredo para ir bem no Enem é a disposição. Os alunos que obterão os melhores resultados serão os que conseguirem evitar o cansaço físico e mental. O exame é uma verdadeira maratona! Entenda que a prova é uma etapa necessária e se dedique, dê o máximo de atenção, são poucas horas que vão mudar seu futuro.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA