Dia Mundial do Meio Ambiente: como preservar?

0
372

Hoje, dia 5 de junho, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente e em virtude disso, diversas cidades estão tendo uma semana especial de conscientização da preservação ambiental e práticas que levam ao desenvolvimento sustentável. Existem alguns materiais que estão em nosso dia-a-dia que poluem e fazem mal ao meio ambiente e o seu descarte, muitas das vezes, gera dúvidas entre as pessoas.

Dia Mundial do Meio Ambiente: como preservar?

Você sabe se descarta o seu óleo de cozinha, a sua pilha ou lixos eletrônicos e materiais recicláveis corretamente? Bom, hoje o Blog Netsabe veio com essa missão.

Óleo de cozinha

O óleo de cozinha é um dos principais vilões da natureza, responsável por contaminar milhares de litros de água se descartado da maneira incorreta. Mas, se manuseado corretamente, pode ser feito com seus restos sabão, tintas e até combustível.

Nenhum tipo de óleo (virgem, extra-virgem, soja, milho ou girassol) pode ser descartado em pias, bueiros, ralos ou nas ruas, sua composição química o deixa insolúvel em água, assim como a gordura, contaminando o líquido por completo. Quando se descarta em pias, além da contaminação, causa o entupimento da caixa de gordura, gerando um custo a mais para limpá-las, além dos riscos de inundação.

A melhor saída é então, após usá-lo em frituras, armazenar em garrafas PET e localizar as ONGs ou dias de coleta desse material em sua cidade.

Pilhas e lixos eletrônicos

Outro componente perigoso para a saúde ambiental são as pilhas, baterias e demais lixos eletrônicos. Além da contaminação, contém matérias que são tóxicos a saúde. As pilhas e baterias usadas tem metais pesados que infiltram nos solos e, por isso, necessitam de aterros sanitários especiais. Na nossa Constituição, é determinado que todos os locais que vendem esses materiais, também recolham.

Porém, existem os fabricantes de pilhas piratas, que tem até mesmo a quantidade de mercúrio – substância tóxica – acima do normal e, estes, normalmente não recolhem ou realizam os descartes corretos.

E quanto aquele computador antigo? Ou o celular que parou de funcionar e você trocou? Eles também são considerados lixos eletrônicos e poluem muito nosso ambiente. Para esses, temos as opções de devolver ao fabricante, realizar doações ou descartar para reciclagem.

Materiais recicláveis

Apesar do grande incentivo na separação de lixos e coletas seletivas, ainda restam dúvidas de como descartar lixos recicláveis e quais não tem salvação. Bom, nosso lixo doméstico para a reciclagem tem duas definições, se ele está seco ou se está úmido. O lixo úmido – restos de alimentos, plantas, bebidas, papeis molhados – é descartado, mas pode virar adubo. Já o lixo seco, demanda uma análise nos lixões se podem ou não ser reaproveitados.

Há um mito no descarte de lixos com potencial a ser reciclado, que é lavá-lo antes de descartar. Não é necessário, visto que para serem reaproveitados, os lixos passam por um intenso processo de higienização.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA