Calendário de Vacinação – A Importância de Manter seu Pet Vacinado

0
88

Ter a preocupação com a saúde do seu pet é essencial, afinal, são diversas as doenças que podem comprometer a vida de seu bichinho. É preciso também pensar na alimentação, cuidados com a higiene e outros detalhes importantes que alegram a rotina do animal, como passeios e brinquedos. Com o intuito de garantir que seu pet esteja sempre saudável desde de pequeno, é importante ficar atento ao calendário de vacinação.

Quer saber mais sobre o assunto e não perder nenhuma etapa importante para promover o desenvolvimento sadio do seu companheiro? Confira as informações que separamos neste artigo!

Conheça doses mais importantes calendário vacinação do seu pet

Para manter a saúde do seu pet é importante ter o controle em relação a idade do animal, assim fica mais fácil programar e realizar as vacinações necessárias. Para isso, é essencial procurar o auxílio de um veterinário, pois cada um tem uma peculiaridade que deve ser analisada individualmente. Vale lembrar que as principais doenças podem ser prevenidas por meio da vacinação.

No caso dos cachorros, as principais vacinas atuam contra:

  • Cinomose;
  • Parvovírus;
  • Hepatite;
  • Leptospirose;
  • Tosse dos canis

Para o felinos, as principais doses aplicadas durante a vida, são:

  • Panleucopenia felina
  • Rinotraqueíte
  • Leucemia
  • Calicivirose

Confira o calendário de vacinação e previna seu bichinho

Cada uma das principais doenças que podem ser contraídas por cães e gatos contam com vacinas que devem ser aplicadas em um momento específico, de acordo com o tempo de vida do animal.

É importante ressaltar que de acordo com a região que o animal vive, a vacinação passa a ser ainda mais necessária. Por exemplo, em zonas rurais, é comum que cães selvagens estejam mais expostos a doenças como cinomose e parvovirose.  

No caso dos cães, é recomendado:

  • primeiras seis semanas de vida: primeira dose contra o parvovírus e cinomose;
  • dois meses de vida: vacina polivalente, que protege contra principais doenças, como parvovírus, cinomose e leptospirose;
  • três meses de vida: segunda dose da vacina polivalente;
  • quatro meses de vida: vacina antirrábica, que protege contra a raiva.

Após as dosagens principais, é indicado que o cachorro frequente o veterinário com frequência para que sua saúde e possíveis prevenções sejam tomadas contra o aparecimento de novas doenças. Outro fator importante de lembrar é que animais que ainda não foram vacinados não devem socializar com outros. Essa questão é justificada pelo fato de ainda estarem vulneráveis às principais doenças.

Os felinos podem ser vacinados logo que desmamarem das mães, o que pode acontecer com 2 meses de vida. Entre as principais doses estão:

  • dois meses de vida: teste de leucemia, imunodeficiência e primeira dose da trivalente.
  • dois meses e meio: dose da vacina contra leucemia;
  • três meses: nova dose da vacina trivalente;
  • quatro meses: vacina contra a raiva.

Assim como os cachorros, os gatos necessitam visitar o veterinário periodicamente para manter a saúde em dia.

Anotou o calendário de vacinação? Aproveite e confira no Netsabe as melhores clínicas veterinárias para levar seu bichinho!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA