Bebeu água? | Conheça os sintomas da desidratação

0
346

Ainda estamos em alto verão e, como muitos sabem, é nesse período a maior incidência de desidratação, já que o sol é escaldante e clima extremamente quente.

DESIDRATAÇÃO: o que é?

Como definição, a desidratação é um conjunto das alterações decorrente da perda de água do organismo, que pode ocorrer por via cutânea (pele), digestiva, renal e respiratória.

Ou seja, o calor, atividade física, exercícios ao ar livre contribuem significativamente para a perda da água.

Quais são seus riscos?

Pode parecer um processo simples, mas a desidratação tem a possibilidade de ser complexa. Temos três tipos de causas:

  1. Perda de água;
  2. Perda de água e eletrólitos;
  3. Perda de eletrólitos com ênfase em sódio.

Todas essas variações podem ser leves ou até de emergência. Caso estejam acompanhadas a doenças intestinais (vômitos e diarreias) precisam de atenção especial, visto que podem se tornar infecções graves na bexiga, cálculos renais e etc.

Além dessas enfermidades, a desidratação também afetam o ânimo, as funções cognitivas, a visão, memória e habilidades de percepção.

Atenção aos sintomas

Pode parecer óbvio, mas é sempre bom lembrar:

  • Sede;
  • Sono;
  • Fadiga;
  • Diminuição na urina;
  • Fraqueza muscular;
  • Boca seca;
  • Confusão;
  • Irritabilidade;
  • Dor de cabeça;
  • Pressão baixa;

Todos esses sintomas indicam inicio de desidratação.

Como combater

Beba água! Conseguir atingir os dois litros de água por dia é suficiente para se manter saudável.

Coma alimentos hidratantes! Água de coco, kiwi, abacaxi, melancia, melão, pepino, cenoura, frutas cítricas são ótimas opções para melhorarem os eletrólitos.

No mais, é sempre bom ter acompanhamento médico em casos mais graves. Encontre no Netsabe clínicas médicas especializadas para atendê-lo, é só clicar aqui.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA